terça-feira, 16 de setembro de 2008

Carta da Igreja Protestante de Esmirna

Queridos amigos,

Esta última semana foi repleta com muita tristeza. Até agora, muitos de você ouviram sobre uma devastadora perda que sofremos aqui em um evento que aconteceu em Malatya, província turca a 300 milhas a nordeste de Antioquia, cidade onde os crentes foram chamados pela primeira vez de cristãos (Atos 11:26).

Na quarta-feira pela manhã, 18 de abril de 2007, o missionário alemão Tilman Geske de 46 anos e pai de três filhos preparado para ir ao seu escritório, deu um beijo de adeus na sua esposa e gastou um momento abraçando o seu filho, dizendo "Adeus, filho. Eu te amo", deixando-lhes na memória uma cena incalculável.

Tilman, tinha alugado um escritório da Zirve Publicadora onde ele estava preparando notas para a Nova Bíblia de Estudo turca. Zirve era o local onde também funcionava o escritório da Igreja Evangélica de Malatya Evangelista. Ali imprimia e distribuía literatura Cristã para Malatya e todas as cidades que ficavam na parte oriental da Turquia. Em outra parte da cidade, o Pastor Necati Aydin de 35 anos, pai de dois filhos, disse adeus à sua esposa e deixando-a, saiu também para o escritório. Naquela manhã, eles teriam uma reunião de oração e estudo Bíblico logo cedo onde encontrariam com alguns outros crentes. Da mesma forma, Ugur Yuksel foi ao estudo de Bíblico.

Nenhum destes três homens sabia que aquilo que os esperavam no estudo Bíblico seria a última prova em que a fé deles seria submetida e concluiria na entrada deles na glória recebendo a coroa de justiça de Cristo e honra de todos os santos que os esperavam na presença de Deus.

No outro lado de cidade dez jovens, por volta de seus 20 anos, concluíam os detalhes finais da ultima ação de fé por amor a Alá e ódio dos infiéis que estavam arruinando com o Islã. No domingo da Ressurreição, atendendo ao convite do Pastor Necati, cinco destes homens tinham estado numa reunião evangelística realizada no auditório de um hotel na cidade. Ninguém soube o que aconteceu com seus corações quando escutaram sobre o evangelho. Eles foram tocados pelo Espírito santo? Eles foram convencidos de seus pecados? Os corações deles realmente ouviram o evangelho? Hoje nós só sabemos o começo da história deles.

Estes jovens, um deles era filho de um prefeito na Província de Malatya, faziam parte de um grupo de "crentes fiéis ao islã" . Grupo social onde seus membros são altamente respeitados e funciona como uma sociedade fraterna. Na realidade, é dito que ninguém pode entrar em escritório público sem esta sociedade. Estes jovens estavam vivendo no mesmo dormitório e se preparavam para fazerem exames para entrarem na universidade. Os jovens conseguiram armas de fogo, faca, cordas e toalhas que seriam usados no ultimo ato deles a serviço de Alá. Eles sabiam que haveria muito sangue. Chegaram a tempo para o Estudo Bíblico por volta das 10 horas. Eles chegaram e o estudo bíblico aparentemente já havia começado. Segundo notícias, depois que Necati leu um capítulo da Bíblia a agressão começou. Os meninos amarraram Ugur, Necati, e as mãos de Tilman nos pés das cadeiras e começaram a filmar a cena com os seus celulares. Eles torturaram nossos irmãos durante quase três horas.

* Detalhes da tortura

Tilman foi apunhalado 156 vezes, Necati 99 vezes e as punhaladas de Ugur eram muito numerosas para contar. Eles foram estripados e seus intestinos fatiados em frente aos seus olhos. Eles foram castrados e assistiram a destruição de partes de seus corpos. Dedos foram cortados fora, foram fatiados os narizes e bocas e ânus aberto. Possivelmente a pior parte era assistir os seus irmãos sendo torturado igualmente. Finalmente, as gargantas deles foram fatiadas de orelha a orelha ficando praticamente decapitado.

Vizinhos que trabalhavam perto disseram depois que tinham ouvido gritos, mas pensaram que os donos estavam tendo um argumento doméstico e assim eles não fizeram nada. Enquanto isso, outro crente, Gokhan e a esposa, por volta das 12:30 chegaram ao escritório. A porta estava fechada por dentro. Ele telefonou para o escritório, no entanto não ouviu o telefone tocar dentro do escritório. Ele ligou para o celular dos irmãos e finalmente Ugur atendeu ao telefone. "Nós não estamos no escritório. Vá para a reunião no hotel. Nós estamos lá. Nós nos veremos lá", ele disse misteriosamente. Quando Ugur falava ao celular, Gokhan ouviu no telefone choro e um som rosnando estranho.

Ele telefonou para a polícia e em aproximadamente cinco minutos eles chegaram. Eles bateram na porta, "Policia, abra! " Inicialmente o oficial pensou que era uma perturbação doméstica. Àquele ponto eles ouviram um gemido. A polícia entendeu aquele som era de alguém sofrendo, prepararam suas armas e tentaram arrombar a porta inúmeras vezes. Um dos assaltantes amedrontado destrancou a porta para a policial que entrou e achou uma cena horrível. Tinham sido mortos Tilman e Necati que praticamente estavam com os pescoços decapitado de orelha a orelha. A garganta de Ugur foi igualmente cortada, mas ele ainda estava vivo. Três assaltantes em frente dos policias entregaram suas as armas.

Enquanto isso, Gokhan ouviu um som de grito na rua. Alguém tinha caído do terceiro andar do escritório. Correndo , ele achou um homem no chão quem ele reconheceu depois como, Emre Gunaydin. Ele teve traumatismo na cabeça. Ele tinha tentado descer através do cano de esgoto para escapar e perdeu o equilíbrio e caiu no chão. Parece que ele era o líder principal dos atacantes. Outro assaltante foi encontrado enquanto se escondia num balcão.

Em um programa de tv de Ankara, capital da Turquia, o Ministro do Interior sorriu maliciosamente quando falava dos ataques de nossos irmãos. "Nós esperamos que você aprenda sua lição. Nós não queremos cristãos aqui." Quando Susanne Tilman, esposa do missionário alemão, expressou o seu desejo de enterrar o marido em Malatya, o Governador tentou impedir, mas quando percebeu que não tinha como, um rumor foi espalhado na cidade "é um pecado cavar uma sepultura para um Christian." No fim, em um empreendimento de que sempre deveria ser lembrado na história Cristã, homens da igreja em Adana (perto de Tarso), pegaram pás e cavaram uma sepultura para o irmão morto dentro de um cemitério armênio de cem anos.

Ugur foi enterrado pela sua família numa cerimônia muçulmana alevita na cidade natal dele, Elazig, sua noiva crente assistiu a cerimônia escondida, pois a família e os amigos dele recusaram a aceitar em morte a fé de Ugur que professava e morreu por ela.

O funeral de Necati aconteceu na cidade natal dele de Izmir, a cidade onde ele aceitou Jesus. As trevas não compreende a luz. Embora as igrejas expressassem o perdão por aquilo que tinha acontecido, as autoridades não confiaram nos cristãos. Antes de carregarem o caixão sobre o avião de Malatya, passou por dois exames de raios-X para ter certeza que não estava carregado com explosivos. Este não é um procedimento habitual para caixões muçulmanos.

O funeral de Necati foi um evento bonito. Milhares de cristãos turcos e missionários vieram mostrar o amor deles por Cristo, e a honrarem este homem escolhido para morrer por Cristo. A esposa de Necati, Shemsa, contou ao mundo "A morte dele estava cheio de significado, porque ele morreu por Cristo e ele viveu para Cristo... Necati era um presente de Deus. Eu sinto honrada que ele estava em minha vida e sinto coroada com honra. Eu quero ser merecedor desta honra."

Corajosamente os crentes foram ao funeral de Necati, sabendo que estariam enfrentando os riscos de ser visto e se tornarem alvos para igual fim. Como esperado, a polícia anti-terror assistiu e filmou todo mundo que assistia ao funeral para o uso futuro das imagens. O serviço aconteceu fora da Igreja Batista Buca e ele foi enterrado em um pequeno cemitério Cristão nos arredores de Izmir.

Dois assistentes do Governador de Izmir estavam solenemente assistindo o evento. Dúzias de agências de notícias estavam documentando os eventos , alguns retransmitiam ao vivo e outras fotografavam. Não sabemos o impacto que o funeral estava tendo naqueles que assistiam? Este também é como o começo da história deles. Orem por eles.

Em um ato que recebeu lugar nas primeiras páginas nos maiores jornais da Turquia, Susanne Tilman em uma entrevista de tv expressou o seu perdão. Ela não quis vingança, falou para os repórteres. "Oh Deus, perdoem porque eles não sabem o que fazem", ela disse, concordando com as palavras de Cristo no Calvário (Lucas 23:34).

Em um país onde de sangue-por-sangue e vingança é tão normal quanto respirar, muitos muitos relatos chamaram à atenção da igreja de como este comentário de Susanne Tilman mudou vidas. Um colunista escreveu sobre o comentário de Susanne, "ELA DISSE EM UMA ORAÇÃO O QUE 1000 MISSIONÁRIOS EM 1000 ANOS NUNCA PODERIA FAZER."

Os missionários em Malatya provavelmente terão que mudar, pois suas famílias e crianças foram identificadas publicamente e se tornaram alvos públicos. Os 10 crentes locas estão escondidos. O que acontecerá com esta igreja, esta luz na escuridão? Muito provavelmente irá se tornar subterrânea. Orem por sabedoria e para que irmãos turcos de outras cidades venham a conduzir a esta igreja sem liderança. Nós não deveríamos nos interessados por aquela grande cidade de Malatya, uma cidade que não sabe o que está fazendo? (Jonas 4:11)

Por favor orem pela Igreja na Turquia. "Não orem contra perseguição, orem por perseverança", Pede o Pastor Fikret Bocek.

Isto nós sabemos. O Cristo Jesus estava lá quando nossos irmãos estavam dando suas vidas por Ele. Ele estava lá, como Ele esteve quando Estevão estava sendo apedrejado as vistas de Paulo de Tarso. Nós oramos e pedimos que orem para que em algum dia pelo menos um desses cinco meninos aceitem Jesus a fé por causa do testemunho em morte de Tilman Geske que deu a vida como um missionário para os Turcos a quem amava e os testemunhos em morte de Necati Aydin e Ugur Yuksel, os primeiros mártires de Cristo da Igreja turca.


Informado por Darlene N. Bocek (24 2007 de abril)

No caso de retransmitir, conserve o título "Carta da Igreja Protestante de Esmirna" informação de contato: http://www.izmirprotestan.org

Um comentário:

Camila babaoğlu disse...

eu estava a procura de uma igreja na turquia em izmir e mim deparei com seu blog muito lindo essa historia de verdadeiros adoradores de cristo morreram por causa do evangelho parabéns por postar. eu queria fazer uma pergunta onde encontro uma igreja evangélica em izmir?